SÍMBOLOS



Criado em 18 de junho de 1997 através da Lei 039, o significado das cores, desenhos, inscriçóes e formas contidos no brasão é o seguinte:

Estrela Principal - a sede do município.
Nove Estrelas - as nove comunidades do município.
Soja, Milho e Cevada - principais culturas de verão e inverno que fazem parte da economia primária local, significando também trabalho, fartura e prosperidade.
Pêssego - frutas cítricas, diversificação de culturas, novas fontes de renda e matéria-prima para a indústria.
Pecuária - o rebanho leiteiro, avicultura, e suinocultura, que são também fonte geradora de divisas para a economia local.
Trator, Semeadeira e Palha - cuidados e avanços tecnológicos para o melhor desenvolvimento e produção agrícola com a mecanização e a técnica do plantio direto, representando também a agricultura, principal fonte de riqueza do município.
Os Raios de Sol - o nascer de um novo município. Fonte de luz e energia que emana do universo, manifestação divina.
Solo - mãe terra geradora de alimentos, riqueza e prosperidade.
Pinheiro/Araucária - espécie nativa, madeira, reserva florestal do município, símbolo de um povo altivo e forte.
Listel - abaixo o listel em amarelo, com o nome do município e lembrando a data de sua emancipação, 22-10-95.
Contorno em Azul - os rios que estabelecem os limites do município. Riqueza hídrica, que dá vida a todos os seres vivos. Purificação, caracteriza o aspecto vocacional do município, despertando o sentimento do Cristianismo e da fé.
Livro - a educação, podução do conhecimento, exercício do saber e fonte da sabedoria, luz que vence as trevas.

 


HINO:
Letra e Arranjos de Wilson Costella

Minha terra povo inteligente
Que leva na mente a história daqui
Em defesa de ti vou lutar
Pois neste lugar foi onde nasci
Do que tenho és muito importante
E neste instante vou homenagear

Vila Lângaro eu vou levar
Teu nome comigo por onde eu andar
Devo a ti parte da minha vida
Querência querida por ti vou cantar

Quando fui para outro lugar
Bastante saudades daqui eu senti
Hoje sinto saudades de fora
Lugares que outrora lembrava daqui
Aos amigos com quem eu falei
Eu sempre lembrei de teu nome falar

Vila Lângaro eu vou levar
Teu nome comigo por onde eu andar
Devo a ti parte da minha vida
Querência querida por ti vou cantar